Startup desenvolve tecnologia para monitoramento da umidade de solo

A solução criada pela irrigaSMART proporciona aumento da produtividade

A startup já tem entre os seus primeiros clientes o Wish Resort Golf Convention Foz do Iguaçu

A startup irrigaSMART desenvolveu uma solução que oferece infraestrutura de software e hardware para o monitoramento do solo em tempo real. A empresa surgiu a partir da crise hídrica desencadeada em 2015, onde começou-se a verificar formas sustentáveis da utilização da água. Naquele mesmo ano, a Agência Nacional de Águas (ANA), registrou que 72% dá água disponível era utilizada na agricultura no Brasil e 70% no mundo. “Com um alto consumo e a carência de instrumentos que pudessem garantir o uso sustentável da água, aliado à garantia de alta produtividade de alimentos para abastecimento populacional, iniciaram-se as pesquisas para desenvolvimento de um equipamento capaz de atender as respectivas preocupações”, afirma o consultor tecnológico da irrigaSMART Paulo Sergio Lobo Rodrigues.

A solução possibilita o acesso dos dados de monitoramento por meio da plataforma digital, ilustrando informações gráficas e por mapas de geolocalização, sendo visualizadas inclusive por smartphone e de qualquer lugar do planeta. O sistema também possui tecnologia de transmissão de longa distância, acima de um quilômetro de distância. “A solução também proporciona o controle de sistemas de irrigação. Trata-se de funcionalidade que administra o sistema de irrigação existente na lavoura, automatizando o processo de irrigação por meio de dados gerados pelo sistema de monitoramento. O sistema de controle permite as configurações automática e manual”, explica Rodrigues.

Entre as principais vantagens do invento estão a economia de água e de energia elétrica, aumento da eficiência e de produtividade, a dispensa de mão de obra manual para irrigação, reaproveitamento da água da chuva, preservação ambiental e ganho real de imagem, maior controle e domínio nas tomadas de decisões. Além de ser uma tecnologia pioneira no Brasil, essencialmente paranaense. A startup também desenvolve tecnologia para controle de aviários, levando em consideração que seus produtos possuem sensores de temperatura e umidade relativa do ar.

A startup, que atende também ao setor de paisagismo, já tem entre os seus primeiros clientes o Wish Resort Golf Convention Foz do Iguaçu (foto). Os trabalhos para a implementação do sistema já estão em andamento e a previsão é de que a instalação seja concluída em breve. “Para o futuro, também buscamos a realização de alianças sólidas com empresas do ramo agropecuário, como cooperativas agroindustriais e empresas de irrigação. Existe também a intenção de solidificar parcerias em programas de cidades inteligentes, que utilizam a IoT como seu principal insumo”, projeta Rodrigues.