Recado de Brasília pra Faria Lima: esqueçam as reformas

Apesar do clima político ter amenizado hoje, após nota do presidente Jair Bolsonaro, a tensão em Brasília pode ter um alto custo para o governo: esvaziamento das reformas.

No episódio #113, recebemos Paolo Di Sora, CIO da RPS Capital, e Júnia Gama, analista política da XP, para falar sobre os desdobramentos da crise política que atingiu seu ápice durante as manifestações de 07/09, após o discurso do presidente Bolsonaro, e seus reflexos direto no mercado.

Com aproximadamente R$ 3 bilhões sob gestão, Paolo é o típico gestor de “hedge fund”, super ativo e que sempre faz análise top down (olha o macro e depois o micro). Antes dos últimos acontecimentos, já estava pessimista com Brasil e agora acredita que os acontecimentos recentes irão dificultar ainda mais o andamento da pauta reformista que permitira a economia voltar nos próximos meses. Por isso até que o gestor vê hoje a bolsa americana mais barata que a brasileira: pelo excesso de riscos que por aqui temos – e teremos

E ele não está sozinho, Júnia, nossa convidada especial, também demonstrou ceticismo com o andamento das reformas e a capacidade do governo em se articular para fazer andar as pautas que poderiam ajudar o governo em 2022.

A conversa completa com perguntas polêmicas vindas das redes você irá conferir durante o episódio no vídeo acima ou direto em nosso canal no Youtube.

The post Recado de Brasília pra Faria Lima: esqueçam as reformas appeared first on InfoMoney.