Marco Antonio Carbonari fala sobre vinhos brancos

Marco Antonio Carbonari especialista em vinhos e proprietário da vinícola Villa Santa Maria, nos contou um pouco mais sobre vinhos brancos. Se trata do vinho mais consumido no verão e durante sua juventude, harmonizando completamente bem com pratos leves como saladas, carnes brancas e frutos do mar.

São consumidos no verão por conta da leveza e frescor que lhes são característicos. Marco Antonio Carbonari conta que, quando apreciados com moderação, causam também um grande benefício à saúde em relação a diabetes, doenças crônicas e doenças cardíacas.

Marco Antonio Carbonari revela que esses vinhos podem ser produzidos tanto com uvas brancas como com uvas tintas. A cor da bebida é arranjada através de pigmentos naturais (os mesmos encontrados na casca das uvas), e é o tempo de contato que determina quão forte será a coloração. No caso dos vinhos brancos, esse contato é quase inexistente. Desta forma, a bebida se mantém clara e menos propícia a aderir componentes que a tornaria herbácea, amargo ou tânico.

Diferente dos vinhos tintos, Marco Antonio Carbonari explica que a subdivisão do vinho branco não é feita somente a partir do corpo da bebida, mas também através de suas características como leveza, frescor, aromas e doçura.

A harmonização, revela Marco Antonio Carbonari, é algo muito mais simples no caso dos vinhos brancos e pode ser seguida a partir de uma regra básica:

Vinhos leves combinam com comidas leves, vinhos brancos com carne branca e também molho branco, mas vale ressaltar que não se deve sempre generalizar essa regrinha, sendo necessário respeitar o sabor do vinho em questão.

Marco Antonio Carbonari conta que é importante ficar ainda mais atento com a temperatura correta do vinho branco na hora de servi-lo, já que cada tipo exige uma temperatura específica, sendo:

  • Brancos leves, refrescantes e aromáticos: 8 a 10ºC
  • Brancos encorpados: 10 a 12º
  • Brancos de maior idade: 12 a 14º C

Além disso, é recomendável que se utilize taças que tenham bojo menor, pois essas tendem a concentrar o frescor e reduzir a troca de calor. Marco Antonio Carbonari comenta também que as taças mais estreitas possibilitam uma entrega ainda maior e profunda do aroma frutado e floral que o vinho dispõe.

Já na questão do armazenamento, o tempo para consumo após aberto pode ser de até três dias se tomado alguns cuidados. O vinho branco pode ser armazenado na geladeira durante esses três dias, devendo estar com a garrafa fechada com a própria rolha e em um local sem muita movimentação (como por exemplo a porta da geladeira), pois isso o deteriora muito mais rapidamente, e por último, Marco Antonio Carbonari adverte que, manter a bebida em pé, é muito mais recomendado nesse caso, pois evita que a bebida fique em maior contato com o ar presente na garrafa.

O vinho branco, conclui Marco Antonio Carbonari, é vendido assim que engarrafado. Apresentam leveza e cor límpida na qual a acidez viva é a mais notória característica. É essencial prestar atenção na hora de degustar um vinho branco de safra antiga, já que pode ter passado da validade o que tornará o álcool muito mais acentuado e a ausência de frescor e aroma serão evidentes.

Marco Antonio Carbonari possui diversos vinhos brancos de autoria na Vinícola Villa Santa Maria e convida você a fazer uma visita para conhecê-los. Agende pelo WhatsApp: (12) 9 9746-6298.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui