Dicas para praticar o desapego com roupas, sapatos e etc

Young african american woman wearing t-shirt standing over isolated yellow background clueless and confused expression with arms and hands raised. Doubt concept.

Deise Zuqui é uma grande entusiasta da moda e assuntos relacionados e hoje reuniu neste artigo algumas dicas para praticar a lei do desapego e organizar sua casa e guarda-roupa. Dessa forma, além de liberar espaço, você pode ajudar quem precisa ou até mesmo vender as peças. 

De acordo com Deise Zuqui, para desapegar de roupas basta separá-las em três categorias, sendo: velho, não serve e nunca usei. Dessa forma, o que estiver manchado, rasgado, furado e etc, deve ir para a pilha de roupas velhas, as quais serão descartadas. O que não serve mais, mas se encontra em boas condições de uso deverão ir para a pilha do “não serve”, que poderão ser doadas junto com algumas das roupas da pilha do “Nunca usei”. Assim, você pode decidir o que pode ser vendido (em um brechó na internet, por exemplo) e o que será doado a quem precisa. 

Deise Zuqui revela que essa prática funciona também com sapatos e outros itens, como livros, eletrônicos e assim por diante.

Segundo Deise Zuqui, ter uma estante repleta de livros pode ser um sonho, mas ainda assim, existem alguns em nossa coleção que não pretendemos ler novamente, sendo assim, opte por doar ou vender-los em sebos, como por exemplo a “estante virtual”, um site especializado na venda de livros usados. 

Deise Zuqui comenta ainda sobre os aparelhos eletrônicos. Afinal, se você trocou de celular, computador ou notebook, não há porque guardar os antigos. Verifique se estão em boas condições de uso e os anuncie na internet. Atualmente existem diversos sites os quais podem ser utilizados para compra e venda segura, como por exemplo o “Mercado Livre”, “Shopee” e o “Facebook Market Place”.  

Pratique a lei do desapego e dê espaço para o novo. Deise Zuqui deseja boa sorte!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui