Como o vinho influencia o sono?

Você após tomar algumas taças de vinho sentiu sono? Quer saber por que isso acontece? Neste artigo terá seus questionamentos solucionados, pois o especialista em vinhos, Marco Carbonari fala à nossa redação sobre a influência que o vinho tem sobre o sono, dessa maneira, você saberá os fatores e propriedades que transformam o vinho em praticamente um calmante para o corpo.

O especialista em vinhos Marco Carbonari é empresário e proprietário de uma vinícola renomada no interior do estado de São Paulo, localizada próximo de Campos do Jordão, a Villa Santa Maria reúne bom gosto e tradição, possui um amplo espaço com belas paisagens, além de vinhos de ótima qualidade e um restaurante fino. Tudo começou como uma forma de reunir a família aos finais de semana, porém, com a qualidade empregada no local, transformou-se em um empreendimento. Dessa maneira, com anos de experiência e arcabouço no tema, Marco Antonio Carbonari fala sobre os benefícios que o  vinho provoca no corpo e em como isso reflete no nosso sono.

O vinho é uma bebida milenar, suas propriedades antioxidantes causam inúmeros benefícios ao corpo humano, sendo comprovado inúmeras vantagens à saúde propiciados pela ingestão de vinhos. Estudos revelam que o vinho reduz o risco de doenças cardíacas e AVC, além de oferecer longevidade ao apreciador da bebida, ressalta Marco Carbonari. Dessa forma, está evidente na qualidade e preciosidade dessa bebida.

Contudo, em se tratando novamente do tema sono, há uma explicação contundente para isso: o que ocorre é que na grande maioria das espécies de uvas há a presença de melatonina, um hormônio natural que é produzido pelo corpo humano, é popularmente conhecido como hormônio do sono. Dessa maneira, após consumir uma ou algumas taças de vinho, naturalmente o corpo é induzido ao sono.

Além disso, a partir das propriedades do vinho, não só pela presença deste hormônio, causam uma sensação de relaxamento tremenda no corpo, sendo, mais uma vez, prova da eficácia que o vinho tem sobre o corpo, enfatiza o especialista em vinhos Marco Carbonari.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui