A ebulição brasileira pela China

Mantido o ritmo atual, é provável que nos próximos anos o interesse nacional pelo país evolua para outros lugares da Ásia