Governo poderá manter alguns estímulos, afirma Guedes

Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta sexta-feira, 6, que a equipe econômica não descarta a manutenção de alguns estímulos econômicos adotados para fazer frente à pandemia do coronavírus.

“Tem medo de retirar os auxílios, os subsídios, e os estímulos ao consumo?”, perguntou Guedes, em evento virtual organizado pelo Itaú, para ele mesmo responder: “É um desafio, mas faremos todo o esforço para transformar o que é uma onda de consumo transitória em ondas permanentes de investimento. Não descartamos também a manutenção de alguns desses estímulos.” Ele, porém, não detalhou a quais estímulos se referia.

Leia também:
Retirada de estímulo fará parcela mais pobre da população reduzir consumo, diz BC

Desde o início da pandemia, o governo trabalhou com várias medidas para combater os efeitos da covid-19 na economia. O pacote incluiu o auxílio emergencial pago a trabalhadores informais, desempregados e beneficiários do Bolsa Família, um benefício específico para trabalhadores com carteira assinada que tiveram o salário reduzido ou o contrato suspenso, liberação de um saque extra do FGTS, crédito subsidiado, entre outras medidas.

Como mostrou o Estadão, a 2ª onda da covid-19 no mundo faz subir a pressão em uma ala do governo e também no Congresso pela prorrogação das medidas de combate aos efeitos da pandemia. Mas a equipe econômica teme o risco fiscal e busca barrar corridas de ministérios por verbas no final do ano.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Newsletter InfoMoney
Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:

Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

The post Governo poderá manter alguns estímulos, afirma Guedes appeared first on InfoMoney.