Economias de países europeus sobem acima do esperado no 3º tri, mas 2ª onda da pandemia lança sombra sobre o futuro

SÃO PAULO – Uma bateria de divulgação dos Produtos Internos Brutos (PIB) de países da União Europeia mostrou a dimensão da retomada econômica do bloco depois do crash do coronavírus. Porém, o impacto atual da segunda onda da pandemia acaba gerando preocupações para os próximos resultados.

A Alemanha, maior economia do continente, registrou uma expansão de 8,2% no seu PIB no terceiro trimestre. O resultado superou a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam avanço de 6,8% no período.

Na comparação anual, o PIB da maior economia europeia teve contração de 4,3% entre julho e setembro. Neste caso, o consenso do mercado era de queda de 5,7%.

A Destatis também revisou levemente o PIB alemão do segundo trimestre ante o primeiro, de retração de 9,7% para declínio de 9,8%.

Já na França, o PIB cresceu 18,2% no terceiro trimestre ante os três meses anteriores. O resultado superou a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam avanço de 15% no período.

No segundo trimestre, a economia francesa encolheu em ritmo recorde de 13,7%, dado que foi revisado de queda de 13,8% originalmente. Já na comparação anual, o PIB francês apresentou retração de 4,3% entre julho e setembro, informou o Insee.

A Itália, por sua vez, teve um crescimento de 16,1% do PIB em comparação com o segundo trimestre deste ano, segundo mostram dados preliminares divulgados nesta sexta-feira pelo instituto de estatísticas do país, o Istat. O resultado surpreendeu analistas consultados pelos The Wall Street Journal, que projetavam uma expansão de 10,6%.

Por Dentro dos Resultados
CEOs e CFOs de empresas abertas comentam os resultados do ano. Cadastre-se gratuitamente para participar:

Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

Na comparação anual, o PIB italiano contraiu 4,7% ante o 3º trimestre de 2019, número que também superou as estimativas dos especialistas, de -10,2%. O acumulado de 2020 do índice agora apresenta queda de 8,2%. O Istat também revisou os dados do segundo trimestre de 2020. O PIB da Itália contraiu 13% no período, ante uma primeira estimativa de queda de 12,4%.

Quem também divulgou o dado hoje foi a Espanha, que registrou uma expansão de 16,7% no PIB. de acordo com dados preliminares divulgados nesta sexta-feira (30) pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O resultado superou a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam avanço de 13,5% do PIB espanhol no último trimestre.

Na comparação anual, o PIB da Espanha sofreu queda de 8,7% entre julho e setembro. Neste caso, a projeção era de retração de 15,2%. No segundo trimestre, a economia espanhola sofreu contração de 17,8% ante os três meses anteriores, diante das medidas de confinamento adotadas para tentar conter a pandemia do novo coronavírus.

Somando toda a região de moeda única, o PIB da zona do euro cresceu 12,7% no terceiro trimestre de 2020 ante o segundo, de acordo com dados preliminares divulgados nesta sexta-feira pela agência oficial de estatísticas da União Europeia, a Eurostat.

O resultado superou a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam avanço de 9,4% no período.

Na comparação anual, o PIB do bloco sofreu contração de 4,3% entre julho e setembro, bem menor do que a queda de 7% projetada pelo mercado. No segundo trimestre, o PIB da zona do euro teve retração de 11,8% ante os três meses anteriores, diante dos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

(Com informações da Agência Estado)

Quer descobrir como alguns investidores conseguem rentabilidades maiores que as suas? Assista de graça ao treinamento do professor Leandro Rassier para o InfoMoney

The post Economias de países europeus sobem acima do esperado no 3º tri, mas 2ª onda da pandemia lança sombra sobre o futuro appeared first on InfoMoney.