Lojas Renner restabelece e-commerce e aplicativo após ataque cibernético

A Lojas Renner (LREN3) conseguiu colocar novamente no ar seu site de compras no último sábado e o aplicativo da rede também voltou a funcionar no decorrer do domingo, 22.

A companhia não emitiu mais comunicados desde a última sexta-feira, 20, quando informou que suas equipes continuavam trabalhando para restabelecer o e-commerce após o ataque cibernético sofrido na quinta-feira, 19, que retirou os sistemas do ar.

Ainda na sexta-feira, o Procon-SP informou que notificou a Lojas Renner pedindo explicações sobre o ataque cibernético que a empresa sofreu.

Leia também:
“Quero expressar minha repulsa ao que aconteceu com a Renner. Não é fragilidade deles”, diz CEO da Marisa sobre ataque cibernético
O que é ransomware e como funciona?

Segundo o órgão, a companhia deverá informar quais bancos de dados foram atingidos, qual foi o nível de exposição, por qual período o site ficou indisponível e se houve vazamento de dados pessoais de clientes e de outras informações estratégicas até a quarta-feira, 25.

A administração da Lojas Renner afirmou, na mesma sexta-feira à tarde, que não havia tido conhecimento sobre qualquer notificação formal do Procon-SP.

Curso gratuito ensina a ter consistência na bolsa para ganhar e rentabilizar capital. Participe!