Estado de São Paulo tem 53% das cidades sem óbitos por Covid-19 na última semana

Doria coletiva

SÃO PAULO – Em meio ao avanço do calendário de vacinação contra a Covid-19, o estado de São Paulo registrou na última semana epidemiológica 346 cidades sem óbitos pela doença, de um total de 645. O número representa 53% do total de cidades no estado.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (4) durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

Atualmente, a taxa de ocupação das unidades de tratamento intensivo (UTI) no estado está em 47,57%, o que representa a menor taxa desde o começo do ano, segundo Jean Gorinchteyn, secretário da saúde do estado. O número de internações totais no estado de São Paulo registra queda há sete semanas consecutivas, e tem 16,4% menos pacientes internados em relação ao primeiro pico da pandemia, em 2020.

“Os índices de saúde vêm melhorando e isso se deve à progressiva imunização da nossa população. Por isso não podemos interromper o processo de vacinação”, afirma Gorinchteyn.

Questionado sobre o uso de um “passaporte da vacinação”, como o utilizado em países como a França, o governo do estado disse que não trabalha com a medida para o momento atual, dado que os protocolos vigentes têm sido suficientes para conter o avanço da pandemia.

O governo, contudo, diz estar acompanhando os dados da pandemia de perto e que pode ser possível a adoção da medida em um momento posterior.

Até esta quarta-feira, 80,7% da população do estado de São Paulo já estava vacinada com ao menos a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Já o esquema vacinal completo era visto em 23,4% da população.

Vacinas da Pfizer

Durante a coletiva, o governador João Doria também afirmou que o estado de São Paulo recebeu apenas 50% das vacinas da Pfizer (228 mil doses) que deveriam ter sido entregues pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde.

O governador afirma que enviou ofício ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, questionando a entrega parcial, dado que não foi indicada uma justificativa até o momento.

Segundo o governo do estado, a falta das doses restantes pode comprometer o calendário de vacinação de adolescentes, previsto para ter início no dia 18 de agosto.

Em curso gratuito de Opções, professor Su Chong Wei ensina método para ter ganhos recorrentes na bolsa. Inscreva-se grátis e participe.