Alemanha abre fronteira para brasileiros vacinados; CoronaVac está sob análise

SÃO PAULO – A Alemanha autorizou no último domingo (22) a entrada de brasileiros totalmente vacinados em seu território. Isso porque o Brasil deixou de ser considerado zona com variantes do vírus e passou a ser classificado como zona de alto risco.

Desta forma, podem viajar para o país europeu brasileiros vacinados com os imunizantes da Pfizer, Janssen, Moderna e AstraZeneca. A CoronaVac, produzida no Brasil pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, contudo, segue sob análise.

Segundo o consulado alemão no Brasil, uma ampliação abrangendo outras vacinas está prevista assim que os testes necessários forem concluídos.

Para viajar, o turista deverá ter recebido a segunda dose ou dose única há pelo menos 14 dias, realizar o registro digital de entrada e apresentar comprovante da vacinação nos idiomas alemão, inglês, francês, italiano ou espanhol.

Leia também:
Passaporte de vacina: por que quem tomou a CoronaVac talvez não possa viajar para a Europa?

Quem já teve Covid-19 pode ser considerado totalmente imune com apenas uma dose das vacinas da Pfizer ou AstraZeneca.

Neste caso, contudo, a pessoa deve apresentar um teste PCR positivo antigo como prova de que contraiu a doença.

Além disso, crianças que ainda não completaram 12 anos de idade e ainda não foram vacinadas podem entrar na Alemanha acompanhadas por pelo menos um dos pais com vacinação completa. Não é necessário teste PCR.

A medida vem em linha com a anunciada na França, que passou a autorizar a entrada de viajantes brasileiros em julho, desde que 100% vacinados contra o coronavírus com imunizantes aprovados pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA), o que deixa de fora a CoronaVac.

Curso gratuito ensina a ter consistência na bolsa para ganhar e rentabilizar capital. Participe!